Devocional diário: o alimento da fé

A oração e o constante estudo da Palavra são fundamentos para o crescimento espiritual de cada cristão. Por meio da leitura bíblica diária é criado um laço, um elo forte entre o ser humano e Deus. O estudo diário da Palavra, ou devocional, é o momento em que o crente se coloca atento àquilo que o Pai tem para ensinar, e não deve ser encarado como um ritual, ou como mais uma atividade em sua rotina diária. O momento do devocional deve ser tranquilo, prazeroso e de completa entrega ao Senhor.

Para o pastor da Assembleia de Deus em Jardim América, Robson Belisario, a Palavra do Senhor é pão vivo e água viva que dão sustentação à vida espiritual e a um relacionamento maior e melhor com Deus. "A Bíblia nos diz, no livro de Oséias 6.3: 'Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor'. Só temos um relacionamento melhor com o Senhor quando praticamos uma vida devocional, ou seja, quando buscamos conhecê-Lo", explica o pastor. Para ele, o devocional deve ser um hábito na vida do cristão. "Assim como todos os dias temos uma disciplina de alimentação, com café da manhã, almoço e jantar, assim também através de uma disciplina e persistência de busca ao Senhor se obtém a prática diária de devoção a Deus", complementa o pastor Robson.

Para o pastor Oséias de Moura, da Assembleia de Deus em Aribiri, o momento devocional é de suma importância para o cristão, e a Palavra mostra isso quando relata a vida de Daniel, que tinha ao menos três momentos em seu dia para buscar a presença do Senhor. "O cristão deve sempre estar em contato com Deus, orando e lendo a Bíblia. O cristão deve ser sedento, assim como em Salmos 42, versículo 2, que diz: 'Minha alma tem sede de Deus'. Assim devemos ser, buscar a face do Senhor sem cessar", explica o pastor Oséias.

O pastor Erasmo Vieira, da Igreja Batista Morada de Camburi, destaca que todos os grandes homens e mulheres de Deus tinham um momento separado para estar com o Pai. "O próprio Jesus se retirava pela manhã para este momento especial com o Senhor", revela o pastor. Para ele, o momento devocional traz crescimento espiritual para o cristão comprometido.

Fôlego espiritual
Da mesma forma que alguém se sente fraco e fica sujeito às enfermidades quando não se alimentamos de forma correta, também o espírito se enfraquece quando não busca a presença do Senhor. Ao desprezar o devocional diário, o cristão fragiliza sua fé e deixa de ter uma vida santificada e orientada por Deus. O pastor Robson Belisario explica que ao buscar orientação e convívio com o Pai diariamente, muitos benefícios são alcançados, como a intimidade e devoção a Deus. "As mudanças na vida de quem faz o devocional diário são visíveis, uma vez que a busca por conhecer o Senhor por meio de Sua Palavra leva o homem a exteriorizar um comportamento santo, visto que a Palavra produz efeito na vida daqueles que buscam ao Senhor, evidenciando o fruto do Espírito em seu viver", revela o pastor.

Quando o cristão deixa de alimentar seu espírito, os reflexos logo aparecem. Para o pastor Arnaldo José de Souza, presidente do Ministério Batista Vida Nova, a vida moderna tem criado pessoas imediatistas, que perderam o prazer da leitura, inclusive a leitura da Palavra. "O que vemos hoje é o que chamamos de fé de cristal. As pessoas estão fragilizadas e as famílias estão se perdendo", argumenta. Em sua opinião, o momento devocional familiar resgata valores e coloca Deus de volta em seu lugar, o mais importante na vida do cristão. "As pessoas perderam o hábito de consultar a Deus antes de uma decisão, o que é prejudicial. Deus tem que estar sempre em primeiro lugar", avalia o pastor.

Além de louvor e adoração, o devocional deve ser também um momento de busca de respostas. O pastor Oséias de Moura cita Isaías 55, versículo 6: "Buscai ao Senhor enquanto se pode achar" acrescentadas' CITAR O NÚMERO DESSE VERSÍCULO, como alerta para os cristãos. "A Palavra do Senhor é perfeita. Ela contém respostas a todas as aflições do homem", afirma. Para ele, o cristão deve separar tempo para o devocional com o mesmo amor com que Deus separa as melhores bênçãos. "Devemos entregar ao Senhor as nossas primícias", diz o pastor Oséias.

Perseverança
Em meio a tantos compromissos diários e tanta oferta de atividades para o pouco tempo livre, como programas de televisão, internet, cinema e tantas outras coisas, a palavra-chave para cultivar o hábito do estudo diário é perseverar. "O servo de Deus tem que fazer a mordomia do tempo. Assim como temos horário preestabelecido para o trabalho, para o estudo e para a igreja, devemos ter também para nosso devocional", esclarece o pastor Oséias.

Para o pastor Robson Belisario, o sucesso na vida espiritual depende do comprometimento de cada um com a vida cristã. "O próprio Jesus nos ensinou: 'Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e as demais coisas vos serão acrescentadas' (Mt 6:33), nesta correria do dia a dia, o cristão deve sempre priorizar a busca pela intimidade com Deus", ensina ele, sugerindo que uma boa forma de facilitar o início do devocional é escolher o horário que melhor atenda à realidade de cada um. "Acredito que o período da manhã seja uma das melhores opções. Após uma noite de sono tranquilo, a mente está descansada, ainda existe silêncio e a percepção à voz do Senhor se dará com maior facilidade", aponta.

Na opinião do pastor Erasmo Vieira, a disciplina no momento do devocional é valiosa. "O cristão deve ter dois conceitos em mente: persistir e não desistir. Devemos sempre nos lembrar de que o devocional é nosso encontro com o Pai Celestial, que tanto amamos. E quando amamos alguém, queremos estar sempre juntos. Da mesma forma deve ser com o Senhor", pondera.

Estudo bíblico
Para quem deseja dar início ao estudo devocional diário, mas não sabe por onde começar, uma boa dica são os programas de estudo que propõem leituras bíblicas, temas de estudos e motivos de oração. "O programa devocional diário é ideal para quem ainda se sente perdido, não sabendo exatamente o que ler a cada dia. Ressalto também que quem nunca manteve este hábito, comece com um período curto de tempo diariamente, e só aos poucos eleve este tempo. Desta forma, a pessoa não se sentirá desestimulada", aponta o pastor Erasmo Vieira.

Na opinião do pastor Robson Belisario, o programa de estudo bíblico é uma ferramenta de auxílio muito importante não só para aqueles que estão começando o devocional. "Estudos bíblicos, como aqueles presentes na revista e na agenda Comunhão, são de fácil acesso, permitindo que o cristão tenha uma vida mais consagrada ao Senhor. Mas lembro que devem sempre ser utilizados ao lado da Bíblia, que é a principal arma do cristão para a batalha da vida", afirma.

Já o pastor Arnaldo José explica que o devocional forma cristãos de qualidade, e um bom material de estudos contribui para o amadurecimento espiritual. "Aproveito para destacar o trabalho feito pela Comunhão, que traz à tona este tema tão importante para o fortalecimento do cristão. Os estudos bíblicos apresentados em suas publicações estimulam a busca por Deus, e são, de fato, uma ferramenta bastante útil para todos aqueles que desejam este momento com o Senhor", considera. Ele compartilha ainda que o devocional diário sempre esteve presente em sua vida familiar.

O papel da Igreja
O pastor Arnaldo José acredita que a motivação para a prática devocional deve também partir dos líderes. "A igreja deve estimular seus membros a estudar a Palavra do Senhor em todos os momentos, e não somente nos cultos. Infelizmente, tenho visto líderes que não realizam o estudo devocional diário, e por isto não incentivam seus discípulos", lamenta o pastor. Para ele, o entendimento do estudo bíblico diário é fundamental para uma igreja de qualidade. "Os pastores e líderes devem ter em mente que o estudo diário reaviva no coração deles a fé e o amor ao Pai. Desta forma, quando eles estão firmes, conseguem passar para seus discípulos o verdadeiro sentido deste momento devocional. Quando o cristão entende que este momento é um encontro com Deus, ele não vai desistir e nem abrir mão", diz o pastor Arnaldo.

Ao manter um relacionamento íntimo com Deus, o cristão pode experimentar as maravilhas que o Senhor tem para cada um de seus filhos. Para o pastor Robson Belisario, todo soldado precisa estar bem equipado para a guerra, com as armas certas e bem alimentado para vencer a batalha. "A vida cristã é uma constante guerra, na qual o inimigo não dorme e nos ataca a todo instante. Por isso, aconselho àqueles que querem ter uma vida vitoriosa a buscar mais a Deus; a se apresentar em vida devocional ao Senhor; e a se alimentarem da Palavra, para ter maior experiência com o Pai. A Palavra de Deus é viva e produz efeitos na vida do cristão", conclui.

Comece seu devocional em 2011
A chegada do próximo ano pode ser o momento certo para você renovar seu compromisso com Deus. Veja as dicas para começar seu estudo bíblico:
- Escolha o momento do dia que seja mais tranquilo. Durante a manhã, tarde, ou noite
- Separe um local da casa que seja silencioso e reservado
- Comece com um período curto de tempo, entre 5 a 7 minutos do seu dia, e aumente gradativamente. Desta forma, você não ficará ansioso ou decepcionado caso não consiga cumprir o tempo estipulado
- Tenha sempre à mão seu material de estudos: Bíblia, devocionais e hinários
- Em seu período devocional, aproveite o tempo da forma que se sentir mais à vontade
- Não há uma regra ou cronograma para o que tem que ser feito. Cante, ore, leia a Palavra, encontre o ritmo que mais lhe agrada
- Não se deixe distrair com telefone ou outro aparelho eletrônico, se possível, desligue-os
- Aproveite o tempo que tem com o Senhor!

O maior exemplo!
Jesus sempre buscava orientação junto ao Pai, em momentos de oração e intimidade. Veja abaixo alguns trechos da Bíblia que relatam os momentos em que Jesus orava:
- Jesus orou ao ser batizado (Lucas 3.21)
- Em Lucas 6.12-13, Jesus ora durante uma noite antes de escolher seus discípulos
- Orou antes de fazer uma importante pergunta aos discípulos (Lucas 9.18)
- No túmulo de Lázaro, Jesus orou (João 11.41-42)
- Jesus se retirava para orar quando a multidão o procurava apenas pelos milagres (Lucas 5.15-17)
- Jesus também orou antes de ensinar a seus discípulos a "Oração do Senhor" (Lucas 11.1)
- Orou por Pedro antes da negação (Lucas 22.32-34)
- Jesus orou antes de ser crucificado (Lucas 9.28)
- Orou na cruz (João 17.1)
- Orou após a ressurreição (Lucas 24.30)

Aproveite!
A Agenda Comunhão traz em suas páginas um plano de leitura bíblica para ser realizado dentro de um ano, além de estudo bíblico, versículos e motivos de orações. O devocional da agenda pode ser utilizado tanto em seu momento de estudo quanto no devocional familiar e para evangelismo. Não deixe passar esta oportunidade e comece o quanto antes o seu devocional. Todo minuto na presença do Senhor é precioso!

Publicado em: